Serviços

Conheça nossos Serviços

Troca de Amortecedores em carros Nacionais e Importados

Diferentemente do que muita gente pensa, o amortecedor não é responsável por absorver aquelas pancadas quando o carro cai num buraco. Esse trabalho é das molas. O amortecedor faz um trabalho paralelo: funciona como um freio, que para as oscilações da mola, causadas pelas irregularidades do piso. Ou seja, mantém o contato permanente entre o pneu e o solo. Os amortecedores ultrapassados e danificados provocam o desgaste prematuro dos pneus, risco de aquaplanagem (perda de contato do pneu com o solo devido à lâmina de água que se forma na pista), balanço excessivo do carro, ruídos na suspensão e perda de estabilidade. Além disso, um veículo a 50km/h, com apenas um amortecedor gasto, pode aumentar a distância de frenagem em dois metros.

Segundo testes de fabricantes, se o carro estiver com os quatro amortecedores na metade da durabilidade em uma curva, o motorista começa a perder o controle do veículo a 57 km/h, bem antes que o equipamento em boas condiçôes. A troca do amortecedor deve ser feita após um criterioso exame visual, no qual se verifique o estado de componentes como bucha, selo, haste, entre outros, além de possíveis vazamentos.

Troca de Molas

Se suas já passaram a hora da troca, elas vão cair, ou seja, sustentar menos o carro. Com isso, o veículo inteiro estará apoiado em cima do, o que vai fazer com que eles se gastem bem rápido.

Homocinética para Nacionais e Importados

As juntas homocinéticas atuais têm longa durabilidade, em geral 40 ou 50 mil quilômetros, mas necessitam de alguns cuidados especiais, quando for fazer manutenção ou mesmo em um a um posto de gasolina, é sempre bom dar uma olhada como estão as suas coifas (proteção de borracha sanfonada ligada as rodas). Ela protege a junta homocinética de poeira, chuva e lama. Se a coifa tiver algum problema, a graxa existente nela perde-se, e em seu lugar se depositam substâncias abrasivas, reduzindo a durabilidade do conjunto em alguns milhares de quilômetros e obrigando a troca da peça toda.

Embuchamento

Embuchamento da suspensão dianteira e traseira.

Balanças

Troca e manutenção de balanças.

Injeção Eletrônica

A injeção eletrônica é um sistema de alimentação de combustível e gerenciamento eletrônico de um motor de um automóvel – motor a combustão. Sua utilização em larga escala se deve à necessidade das indústrias de automóveis reduzirem o índice de emissão de gases poluentes. Esse sistema permite um controle mais eficaz da mistura admitida pelo motor, mantendo-a mais próxima da mistura estequiométrica (mistura ar /combustível), isso se traduz em maior economia de combustível já que o motor trabalha sempre com a mistura adequada e também melhora a performance do motor.

Alinhamento 3D

O serviço de alinhamento consiste na correção dos ângulos na suspensão em pivôs e terminais de direção, o que permite o ajuste das rodas para que o pneu tenha o mínimo atrito possível com o solo e um rodar livre no eixo de rotação. É recomendado testar o alinhamento de rodas a cada troca de pneus, quando apresentarem desgaste irregular na banda de rodagem ou desgaste prematuro, quando o veículo puxar a direção para um dos lados, e preventivamente a cada 10.000 km, por ocasião do rodízio que deve ser feito junto com o balanceamento. Desta forma, os pneus irão ter uma maior vida útil com maior quilometragem.

Balanceamento de Rodas

O Balanceamento perfeito das rodas exige a utilização de máquinas de altíssima tecnologia. Os equipamentos executam automaticamente o cálculo de desbalanceamento externo e interno da roda (estático e dinâmico), indicando com precisão quantos gramas devem ter o contrapeso e onde deve ser colocados. Todas as balanceadoras cumprem as normas e procedimentos internacionais, determinadas pela ISO 9002.

Quando balancear?
Normalmente, a cada 10.000 km rodados (à medida que o pneu se desgasta, altera-se o peso da roda, exigindo ajuste do contrapeso). Entretanto, notando alguma irregularidade, mande testar o balanceamento.

Cáster

Cáster é o angulo no qual o pino mestre se encontra em relação a linha de ZERO grau. Isto vale para a suspensão dianteira.

Para que serve cáster?
A finalidade do cáster é diretamente ligada a dirigibilidade do carro, quanto maior for o ângulo do cáster (mais inclinado) mais lenta será a resposta da direção quando você virar o volante do rádio, e quanto menor for o ângulo (menos inclinado) mais rápida será a resposta da direção. Alguns carros permitem que se troque o ângulo do cáster alternando a posição de arruelas. já outros carros é necessária a substituição do cáster block ou até mesmo do suporte das bandejas, que já são fabricado com determinados ângulos. Os ângulos variam entre 8º a 12º de cáster.